sintonize em sua cidade:

últimas notícias

24
de Jan2017
Filho de cozinheira morta em disputa entre pamonharias é assassinado em Goiânia

Douglas Vinícius Machado de Abreu foi morto a facadas no Setor Campinas durante a madrugada

 

Douglas Vinicius Machado de Abreu, filho da cozinheira torturada e morta em 2015 em uma disputa entre pamonharias, foi assassinado na madrugada desta terça-feira (24), no Setor Campinas, em Goiânia. Ele tinha 26 anos e foi morto a facadas.

Segundo a Polícia Civil, o autor do crime fugiu e ainda não foi identificado. Ainda não há informações sobre o que poderia ter motivado o assassinato.

Douglas Vinicius era filho de Fátima Machado, que era dona de uma pamonharia no Setor Jardim Guanabara, em Goiânia. Ela foi morta em março de 2015, aos 53 anos, após ser baleada quatro vezes e ter o corpo incendiado enquanto ainda estava viva. Avítima chegou a ficar dois dias internada no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas não resistiu e faleceu dois dias depois.

O crime teria sido perpetrado por Sueide Gonçalves da Silva e Willian Divino da Silva Moraes, mãe e filho que abriram e gerenciavam uma pamonharia localizada na mesma rua do estabelecimento de Marizete. O sucesso do restaurante concorrente teria sido o motivo para a ação da dupla.

Poucos dias após o crime, em 3 de abril de 2015, Douglas Vinícius chegou a ser preso por incendiar a pamonharia dos assassinos confessos da mãe, que estavam presos. Ele pagou fiança e foi solto no mesmo dia.

 

Fonte: Mais Goiás