sintonize em sua cidade:

últimas notícias

23
de Dec2016
Operação da Polícia Civil prende quatro ladrões de veículos

Uma das vítimas teve sua camionete importada roubada no último mês de outubro em Goiânia

 

Imagens de câmeras de segurança que flagraram ao menos três ações levaram a Polícia Civil a identificar cinco suspeitos de roubar veículos na Capital. Durante operação deflagrada na manhã desta quinta-feira (22), quatro suspeitos acabaram presos e sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

 O primeiro caso investigado aconteceu em 19 de agosto passado quando Igor dos Santos Lopes da Silva, de 20 anos, o “Iguim”, foi filmado ao roubar um Golf no Setor Universitário. No dia 31 do mesmo mês, Júlio César Santos de 19 anos também acabou flagrado por câmeras de segurança após tomar, junto com Bruno Sousa Lima de 24 anos, um importado Citroen em assalto no Setor Marista.

O roubo a uma camionete importada Hillux ocorrido em 17 de outubro passado no Conjunto Riviera não foi filmado, mas a vítima não teve dúvidas em reconhecer Alef Santhyago S. Oliveira, de 20 anos, como sendo o autor do assalto. A ousadia de Alef chamou a atenção da polícia, já que após roubar a camionete ele pegou um cartão que estava dentro da camionete, pertencente à filha da vítima, e a adicionou no Whatsapp.

Nos três meses de investigações, a polícia identificou também Jocksan Bruno da Silva, de 21 anos, que no último dia 31 de outubro tomou em assalto um Cruze no Jardim Atlântico em Goiânia. Mesmo identificado pelas câmeras, e apesar de ter confessado sua participação no roubo, Jocksan teve sua prisão temporária negada pelo Poder Judiciário. Alef Santiago, Júlio César, Bruno Lima e Igor Lopes, porém, estão presos preventivamente, e responderão por roubo.

“São criminosos que não possuem nenhuma ligação, mas que roubaram vários veículos nos últimos meses em Goiânia, daí o porque de não podermos indiciá-los também por Associação Criminosa. Importante lembrar que este trabalho é continuidade de uma outra operação realizada anteriormente. Nosso trabalho continua, e com certeza mais criminosos serão identificados e colocados atrás das grades nos próximos dias”, afirmou o delegado Adriano Costa, titular da Delegacia Estadual de Repressão aos Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva).

 

Fonte: maisgoias.com.br